Drogas: independência ou morte, mate sua curiosidade sem que ela te mate.

1 – COCAÍNA

Os grandes exportadores estão localizados na América do Sul. Os números abaixo foram sintetizados pela INTERPOL, a partir da droga que é apreendida, em contrabandos internacionais:
- Colômbia: 48%
- Brasil: 7,6%
- Bolívia: 5,0%

Cotação da cocaína (Países exportadores)
Custo de 1kg de cocaína no mundo (U$):
Colômbia e Brasil- 1.500
Holanda – 28.000
Portugal – 51.000
Grécia: – 89.000
Dinamarca: 230.000

Os preços astronômicos alcançados no mercado internacional pela droga parecem justificar o infeliz recrudescimento da ação exportadora. Em termos mundiais, a atenção da “moda-droga 90/91″ eram os mercados:
JAPÃO: pelas imensas possibilidades financeiras;
ÁFRICA E ORIENTE MÉDIO: pela deficiência da legislação naquelas regiões;
LÍBANO: pelo enfraquecimento das instituiçõese da polícia, face a guerra civil instalada (Fonte: “Folha de São Paulo” 28/nov/90).

2 – MAIORES PRODUTORES MUNDIAIS DE DROGAS

PRODUTO
Produção em tonelada
Hectares cultivados
COCAÍNA
1989
1988
1989
1988
Peru
124.408
97.000
120.415
115.630
Bolívia
65.998
57.445
53.920
49.976
Colômbia
33.487
19.000
42.500
27.230
Equador
270
500
240
300
TOTAL
224.163
173.945
217.075
93.136
PRODUTO
Produção em tonelada
Hectares cultivados
MACONHA
1989
1988
1989
1988
México
47.590
5.655
57.925
9.000
Colômbia
2.800
5.927
2.400
9.200
Jamaica
190
340
1.790
1.257
Belize
66
120
436
660
Outros
3.500
3.000
TOTAL
54.146
15.042
62.551
20.117
PRODUTO
Produção em tonelada
Hectares cultivados
ÓPIO
1989
1988
1989
1988
Birmânia
2.625
1.065
152.760
116.700
México
85
45
9.600
7.738
Tailândia
50
23
4.795
4.604
Guatemala
14
1.495
TOTAL
2.774
1.133
168.650
129.042

Diante dos números acima, não há necessidade de qualquer esforço de análise para ser verificado que nenhuma das chamadas “potências mundiais” é produtora ou exportadorade drogas: “isso é coisa para países sub-desenvolvidos”, parece ser o que pensam a respeito e como agem.

- Ou será que estamos enganados?
- Pode ser.
Contudo, nos chamados “países de primeiro mundo” bem que existem ávidos consumidores de tóxicos. Triste quadro mundial, esse,no qual determinados segmentos sociais pobres, para sobreviver, dedicam-se à atividade do plantio ou exportação de tais infelizes produtos de consumo mundial.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: